:: Um passo atrás ::

"Refleti em meus caminhos e voltei os meus passos para os teus testemunhos. Eu me apressarei e não hesitarei em obedecer aos teus mandamentos."
Salmos 119.59

"Se meus passos desviaram-se do caminho, se o meu coração foi conduzido por meus olhos, ou se minhas mãos foram contaminadas, que outros comam o que semeei, e que as minhas plantações sejam arrancadas pelas raízes".
Jó 31.7

“Esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus."
 Filipenses 3.13

“Disse-lhes Jesus: Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve”
 Mateus 11:28-30

Quando se está à beira de um precipício, dar um passo atrás, na verdade, é dar um passo à frente.

Sim, existem momentos em que é preciso voltar atrás para poder avançar. É preciso tirar os olhos fitos no futuro e fixá-los por um instante no passado, para superar traumas e problemas mal resolvidos que lá ficaram aprisionados juntos com nossas almas.

Dar um passo atrás, às vezes, significa seguir adiante...progredir.

Chorar a perda para poder sorrir.
Perder para aprender a valorizar.
Sentir-se só para sentir saudade.

Assumir a derrota para saber vencer.
Fechar algumas portas para abrir novos horizontes.
Aceitar o medo para alcançar coragem.

Admitir o erro para aprender com ele.
Lembrar para poder esquecer. E esquecer para recomeçar. Perdoar.
Reconhecer a própria fraqueza para se humilhar. E se humilhar para ser exaltado. Pedir perdão.

Desvelar as cicatrizes para conseguir tratá-las.
Derramar lágrimas para lavar a alma.
Libertar-se do passado para viver o presente.

Esvaziar o interior de tudo que é efêmero para encher o coração do que dura para sempre.

Morrer para o mundo, a fim de nascer de novo para Aquele que faz tudo novo.

Asfixiar o peso que sufoca a alma e, assim, respirar o Amor que dissipa toda culpa.

Diminuir o meu eu para que em mim, em meu inóspito jardim, volte a crescer Deus...volte a brotar a paz que um dia eu perdi: a paz que excede todo o entendimento.

Começar do zero, como se nada tivesse acontecido. Como se não houvesse marcas, lágrimas, decepções. Como se nunca tivéssemos sentido dor ou frustração. Como se nunca tivéssemos sentido culpa. Como se não houvesse rugas em nossa face, mas apenas a suavidade e a leveza da pele intocada e inocente de um bebê.

Renascer, recrescer. Renovar, revigorar, reconciliar.

Caminhar, passo a passo, cair. Enxugar as lágrimas, recomeçar, continuar caminhando. Sem parar, sempre em frente...pois recomeçar é dar um passo à frente. Mas dar um passo à frente, às vezes, é dar um passo atrás.

Por isso, pare de caminhar por um instante. Faça uma breve pausa e reflita se você precisa dar um passo atrás. Porque para existir recomeço, não pode existir passado ferido.


Por Fernando Khoury

  • Ocorreu um erro neste gadget

    :: NEWSLETTER ::

    Cadastre seu email e fique atualizado sobre novas postagens:

    É grátis!

    :: SEGUIDORES ::

    :: ÚLTIMAS ::

    FAÇA SUA PARTE!

    diHITT